O Que É Merge In Transit e Como Pode Ser Usado em Revendas de Celulares?

Você sabe o que é Merge In Transit? O termo refere-se a um processo de entrega e distribuição mais eficaz, que tem como objetivo eliminar estoques, diminuir custos e realizar uma entrega rápida ao cliente.
Esse sistema é considerado uma ferramenta importante de gerenciamento logístico, ideal para melhorar processos e tornar a gestão mais eficiente.

Entendendo o que é merge in transit

Quando a empresa implementa o sistema de merge in transit, ela recebe os pedidos dos clientes e avisa seus fornecedores que ficam encarregados de enviar os respectivos pedidos a uma transportadora.

Essa, por sua vez, junta os materiais de todos os fornecedores e unifica as entregas para fazer um só envio aos consumidores. Tudo isso é realizado no momento determinado pelo cliente e com a entrega de produtos na quantidade necessária.

Quem trabalha com gestão de logística sabe o quanto é importante facilitar o fluxo de produtos e tê-los à disposição. Por isso, o uso do merge in transit é importante para excluir a necessidade de estoques e ter um embarque completo, composto por vários componentes e feito por meio de um ponto de consolidação estrategicamente localizado perto da cadeia de abastecimento. Isso facilita a entrega e diminui o tempo, pois vários produtos são entregues ao cliente em um só embarque.

Como o merge in transit pode ser usado em revendas de celulares

Agora que você já sabe o que é merge in transit, fica mais fácil entender como é possível implementá-lo em uma empresa de revendas de celulares.

Com o uso dessa ferramenta, a empresa coleta os aparelhos via fornecedores e os direciona para o ponto de consolidação. Os pedidos recebidos serão enviados a esse ponto em comum e entregues ao cliente de uma só vez, facilitando o embarque e agilizando o atendimento.

Para empresas que têm problemas de estoque, que armazenam muitos produtos sem necessidade ou contam com falta de itens, o merge in transit é uma boa opção. Além disso, também ajudará revendedoras que atrasam entregas e gastam com estocagem e transporte.

O merge in transit também tem, dentre suas vantagens, a diminuição do risco de obsolescência de produtos, principalmente quando falamos de aparelhos celulares que contam com alta rotatividade de modelos e estão sempre caindo em desuso a cada lançamento.

Merge in transit: vantagens

Além das vantagens que já vimos, o merge in transit também pode facilitar outros aspectos, tais como:

  • redução de inventário de estoque;
  • redução do tempo de atendimento e entrega ao cliente;
  • redução do custo com transporte;
  • simplificação do processo de recebimento.

Porém, é importante ter em mente que, para o sistema dar certo, é necessário que a empresa tenha parcerias com fornecedores e transportadores de alto nível, para não atrasar entregas e nem prejudicar o andamento. Também é preciso aplicar a padronização de processos e ter suporte adequado de tecnologia de informação.

Tirou suas dúvidas sobre o que é merge in transit? Para conferir mais informações que ajudarão no seu negócio, continue acompanhando o blog da Mixtel.