Gerenciamento Estratégico do Lead Time — Como Otimizar Minha Logística

Gerenciamento Estratégico do Lead Time — Como Otimizar Minha Logística

Muitas lojas sofrem com problemas de entrega de materiais, pedidos ou falhas no estoque, por exemplo. Esses equívocos ocorrem por falta de um planejamento estratégico. Hoje, vamos falar especificamente sobre como realizar o gerenciamento estratégico do lead time, explicando detalhadamente todos os aspectos que o englobam. Confira a seguir.

O que é lead time?

O termo pode ser visto por duas vertentes diferentes, a do cliente e a do fornecedor.

Para o cliente, refere-se ao ciclo do tempo do pedido, levando em consideração as etapas:

  • realização do pedido;
  • entrada do pedido;
  • processamento;
  • montagem;
  • transporte;
  • pedido recebido.

Ou seja, é ele quem vai ditar o tempo em que o cliente está disposto a esperar e o quanto a empresa pode proporcionar essa rapidez a ele, considerando estoque, produtos produzidos, fornecedores, etc.

Ao fornecedor, o lead time começa um pouco antes, desde a matéria-prima, e vai até o recebido do pedido e pagamento efetuado pelo cliente.

De modo geral, ao pensar no gerenciamento estratégico do lead time, estamos falando de conseguir controlar esse tempo, oferecendo maior agilidade possível e menores custos. Isso tudo tem relação diretamente com a logística da empresa, controle do estoque e trânsito de materiais, do processo de pedido e do produto em si.

Como fazer o gerenciamento estratégico do lead time

A meta de toda loja é conseguir atingir seus objetivos com menores custos, eficiência, atendimento de qualidade e otimização de tempo. Por isso a gestão é tão importante.

Reduzir o ciclo do lead time é um dos pontos de necessidade. Dessa forma, será possível pontuar a capacidade do produto em responder rapidamente a demanda. Na concorrência, a precisão da entrega, com rapidez e confiabilidade, são fatores primordiais (tanto pensando na entrega ao cliente quanto na entrega de fornecedores).

Assim, há redução de estoque e otimização da logística de forma satisfatória. Além disso, ao buscar por um melhor lead time, a loja consegue reduzir os ciclos de vida dos produtos e evita a necessidade de previsões arriscadas.

O gerenciamento estratégico do lead time engloba buscar formas de reduzir esse ciclo. Algumas delas são:

  • observar a cadeia de suprimentos, mantendo o tempo com valor agregado e reduzindo o tempo de custo adicionado (eliminando atividades que não levariam em nenhuma redução de benefícios ao cliente);
  • reduzir o gap no lead time para evitar estoques e previsões. Aqui é importante conhecer bem o cliente, já sabendo suas necessidades por meio da visibilidade da demanda;
  • integrar os departamentos e construir um mapa da cadeia de suprimentos. Com ele, pode-se averiguar todos os processos e atividades envolvidas, reorganizar a logística e marcar o tempo que é consumido em estoque desnecessário;
  • focalizar os gargalos (atividades mais lentas de uma cadeia) adicionando capacidade quando possível, assim como reduzindo os ajustes e tempos dos mesmos.

Confira mais conteúdos como este aqui no blog e aproveite para melhorar a gestão de sua empresa entrando em contato com a Mixtel Distribuidora, que irá ajudar na logística de sua loja com atendimento personalizado!