5 Estratégias de Como Negociar em Loja de Varejo

5 Estratégias de Como Negociar em Loja de Varejo

Saber como negociar é fator primordial em uma loja de varejo. Ao se deparar com um cliente que não encontra o que esteja procurando ou que tenha algum impedimento para finalizar a compra, a arte da negociação será crucial para que ele feche negócio com você. Isso também vale para fornecedores, parceiros e outros stakeholders.

Por isso, separamos algumas estratégias para que seus colaboradores consigam obter êxito nas negociações e trazer mais lucro para a sua loja. Confira!

Entendendo melhor sobre a negociação

Ao negociar, é importante ter em mente que isso não deve ser uma guerra. Não significa que um lado deve conseguir obter total vantagem sobre o outro. A maior questão da negociação é saber colocar os interesses de ambos os lados à mesa e, a partir daí, pensar em soluções que possam ser benéficas para todos.

Um lado pode sair em vantagem, porém, o que for acordado deve fazer com que ambos estejam satisfeitos com o negócio feito.

Sendo assim, negociar não é impor a sua vontade e determiná-la como verdade absoluta. Pelo contrário, é saber ouvir o que o outro tem a dizer e já ter em mente propostas, soluções e caminhos que busquem atender o que os dois desejam.

Veja agora as cinco estratégias de como negociar

Algumas dicas ajudarão você para que saiba como negociar com maestria. Veja a seguir:

1. Comece a negociação

Quem começa a negociação tem mais controle sob a mesma e tende a ser o responsável por finalizá-la. Ao iniciar, será possível direcionar o cliente para o caminho que mais lhe agrada. Por isso, o planejamento antecipadamente à negociação é tão importante.

2. Pense nos interesses

Muitas vezes, o foco é dado apenas às exigências. Porém, o mais importante em uma negociação são os interesses. Entenda quais são os de ambas as partes e tente fazer com que aquela conversa evolua. Encontre pontos em comum e lembre-se de que, às vezes, ceder também faz parte de uma boa negociação.

3. Saiba persuadir

Isso ajudará muito na hora de negociar. Lembre-se dos seis princípios da persuasão: reciprocidade, simpatia, senso comum, autoridade, compromisso e escassez.

Seguindo esta linha, você descobrirá como é possível ajudar o próximo, o que fará com que ele sinta que deva fazer o mesmo por você. Além disso, mostre que tem autoridade para falar sobre o assunto, mostrando que honra sua palavra.

O senso comum e a escassez também ajudam bastante: as pessoas tendem a seguir o efeito manada e a dar mais valor ao que é escasso.

4. Siga os três pilares da negociação

Ter conhecimento técnico, o domínio emocional de você mesmo e compreender a linguagem corporal são fatores importantíssimos no processo de negociação.

5. Conheça os sete elementos-chaves de como negociar

Além dos pilares, há sete elementos-chaves baseados em um Programa de Harvard do professor Roger Fisher para saber como negociar da melhor forma. São eles:

  • comunicação;
  • relacionamento;
  • interesse;
  • opções (conhecer as possibilidades);
  • justiça;
  • alternativas (ter mais de um possível acordo);
  • compromisso.

Conheça também o modelo PISTTAA que ajuda no processo de negociação e aprimore ainda mais as suas técnicas! Confira mais dicas importantes para sua loja no blog da Mixtel e conte com a distribuidora para obter os melhores produtos e as melhores soluções para a sua empresa! Entre em contato e tenha um atendimento personalizado!